???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/140
Tipo do documento: Dissertação
Título: O gênero seminário como prática de oralidade em sala de aula
Autor: Andrade, Evaldo Ribeiro de
Primeiro orientador: Melo, Bárbara Olímpia Ramos de
Primeiro membro da banca: Rodrigues, Beatriz Gama
Segundo membro da banca: Brito, Stela Maria Viana Lima
Resumo: Os Parâmetros Curriculares Nacionais (doravante PCN), ao considerarem a modalidade oral como parte integrante do ensino de língua materna, já preconizam o ensino de gêneros orais para que os alunos, além de ampliar suas competências linguísticas e comunicativas, sejam sujeitos capazes de interagir/comunicar-se em diversas instâncias de sua vida pública e, sobretudo, para que estes consigam expandir suas interações para fora do ambiente escolar. Pesquisadores como Goulart (2005), Gomes-Santos (2012) e Schneuwly & Dolz (2004) corroboram esses postulados dos PCN. Desse modo, o trabalho em sala de aula com a modalidade oral da língua deve favorecer a construção de determinados saberes e competências que possibilitem o desenvolvimento de habilidades linguísticas, discursivas e comunicativas dos alunos. Nesse sentido, o presente estudo objetivou investigar, em uma turma de 9º ano do ensino fundamental, o uso do gênero seminário como objeto de ensino e de aprendizagem no desenvolvimento das práticas de linguagem oral em contextos formais de comunicação. Fundamentada na teoria dos gêneros textuais, esta pesquisa estabelece um diálogo com, dentre outros pesquisadores, Bronckart (2009), Fávero, Andrade e Aquino (2012), Gomes-Santos (2012), Gonçalves (2009), Marcuschi (2006, 2010a, 2010b), Risso (2015), Schneuwly & Dolz (2004) e Urbano (2015) cujas postulações teóricas são essenciais para dar embasamento a este trabalho. Metodologicamente, esta pesquisa, quanto aos objetivos, classifica-se como exploratória e descritiva, quanto ao tratamento dos dados, é quali-quantitativa e possui natureza aplicada. O corpus de análise foi composto pela transcrição da apresentação de seis seminários em que se analisou quatro categorias (caracterização do seminário, organização tópica, marcadores discursivos e estratégias de progressão temática). A pesquisa realizada, além de poder contribuir com a prática pedagógica dos professores da educação básica, possibilitou também algumas reflexões acerca do trabalho com o seminário, uma vez que as análises mostraram que, por exemplo, em relação à organização global desse gênero, os alunos ainda não usam adequadamente elementos importantes de sua estrutura, como o fechamento da exposição. Espera-se, portanto, que, dada a necessidade de, na escola, haver uma metodologia que aperfeiçoe o trabalho com a oralidade, o uso dos gêneros orais seja cada vez mais frequente.
Abstract: The National Curricular Parameters (hereinafter NCPs), when considering the oral modality as an integral part of the mother tongue teaching, already advocate the teaching of oral genres so that students, besides expanding their linguistic and communicative skills, are subjects able to interact / communicate in various instances of their public life and, above all, to enable them to expand their interactions outside the school environment. Researchers such as Goulart (2005), Gomes-Santos (2012) and Schneuwly & Dolz (2004) corroborate these postulates of NCPs. Thus, the classroom work with the oral language modality should favor the construction of certain knowledge and skills that enable the development of linguistic, discursive and communicative skills of the students. In this sense, the present study aimed to investigate, in a 9th grade elementary school class, the use of the seminar genre as an object of teaching and learning in the development of oral language practices in formal contexts of communication. Based on the theory of textual genres, this research establishes a dialogue with, among other researchers, Bronckart (2009), Favero, Andrade and Aquino (2012), Gomes-Santos (2012), Gonçalves (2009), Marcuschi 2010), Risso (2015), Schneuwly & Dolz (2004) and Urbano (2015) whose theoretical postulations are essential to support this work. Methodologically, this research, in terms of objectives, is classified as exploratory and descriptive, and in terms of type of approach, it is a qualitative-quantitative research and also an applied research. The corpus of analysis was composed by the transcription of the presentation of six seminars in which four categories were analyzed (seminar characterization, topic organization, discourse markers and strategies of thematic progression). The research carried out, besides being able to contribute with the pedagogical practice of basic education teachers, also allowed some reflections about the work with the seminar, since the analyzes showed that, for example, in relation to the global organization of this genre, the students cannot use important elements of the seminar structure properly, such as seminar conclusion. It is hoped that, therefore, regarding the necessity of a methodology in the school which improves the work with orality, the use of oral genres is increasingly often.
Palavras-chave: Gênero Textual
Oralidade
Seminário
Ensino e Aprendizagem
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Programa: Programa de Mestrado Profissional em Letras
Citação: ANDRADE, Evaldo Ribeiro de. O gênero seminário como prática oralidade em sala de aula. 2018. 180 f. Dissertação (Programa de Mestrado Profissional em Letras) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/140
Data de defesa: 20-Feb-2018
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Completa2,59 MBAdobe PDFDownload/Open Preview
Termo de Autorização_Publicação Digital579,95 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons