???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/145
Tipo do documento: Dissertação
Título: O processos de monotongação e ditongação na escrita de alunos do ensino fundamental : um estudo com base nos processos fonológicos
Autor: Cunha, Cínthya Nicoléia Maristênia Félix da
Primeiro orientador: Carvalho, Lucirene da Silva
Primeiro membro da banca: Costa, Catarina de Sena Sirqueira Mendes da
Segundo membro da banca: Lopes, Iveuta de Abreu
Resumo: Neste estudo, buscou-se analisar a ocorrência dos processos fonológicos de monotongação e ditongação na escrita dos alunos do 6º (sexto) ano do Ensino Fundamental II. Nesse sentido, a observação de registros escritos como “mantega”, para o vocábulo “manteiga”; e “esfomeiadas” ao invés de “esfomeadas” caracterizam, respectivamente, a efetivação desses fenômenos na grafia dos alunos. Além disso, examinou-se qual dos fenômenos referidos acima apresentou uma maior recorrência nas escritas desses discentes, uma vez que se apresenta como evidente a persistência dos “erros” relativos à grafia de determinados vocábulos, ainda que esses alunos já tenham migrado para a segunda Etapa do Ensino Fundamental. Assim, averiguaram-se, ainda, os contextos mais propícios à ocorrência dos processos fonológicos de monotongação e ditongação na escrita. A pesquisa baseia-se na coleta e análise de “erros” ortográficos investigados por meio de uma sequência de atividades, com execução seccionada em três momentos distintos, sendo que os dois primeiros foram compostos por atividades de lacunamento vocabular; e o terceiro, por uma produção textual. A ênfase maior do trabalho é destinada aos estudos dos processos fonológicos, sobretudo, à monotongação e à ditongação. Na realização dessa análise, discute-se sobre a seguinte questão: Os processos fonológicos de monotongação e ditongação apresentam ocorrência na produção escrita de alunos do 6º (sexto) ano ocasionando um desvio da variedade padrão da linguagem? Qual o mais recorrente dentre os dois processos aqui abordados? Que contextos são favoráveis à efetivação destes processos? Tais indagações norteiam esse estudo, suscitando reflexões acerca das possíveis causas que podem vir a justificar estas ocorrências com vistas a fornecer subsídios para o profissional de língua portuguesa que se depara diariamente com a ocorrência de fenômenos dessa natureza na escrita de seus alunos. Esse estudo traça algumas considerações acerca dos processos fonológicos, da relação fala e escrita, dos estudos fonético-fonológicos, sobretudo com foco na abordagem da sílaba e dos ditongos; além da revisão na literatura que trata dos processos fonológicos em análise, a monotongação e a ditongação. Os procedimentos metodológicos adotados basearam-se em pesquisa bibliográfica, exploratória, descritiva, quali-quantitativa e de campo, fazendo-se da escola de trabalho da pesquisadora, o campo de pesquisa, através da coleta de dados, com suas respectivas análises, apresentando, em seguida, a proposta de intervenção, chegando-se aos resultados esperados e às considerações finais. Essa discussão respalda-se nos estudos teóricos de autores como Bisol (1986,1999, 2013), Câmara Jr. (1977, 1986, 2011), Lemle (2004), Kato (1999), Bortoni-Ricardo (2004, 2006, 2013), Silva (2004), Mollica (1998), Aragão (2000), Lima Henrique e Hora (2013), Back e Alves Netto (2012), dentre outros.
Abstract: This study aimed to analyze the frequency of phonological processes of monophthongization and diphthongization in the writing of students from the 6th (sixth) grade of elementary school. This way, the observation and the written registers such as “mantega”, for the word “manteiga”; and “esfomeiadas” instead of “esfomeadas” characterize, respectively, the effectiveness of these phenomena in the students writing. Besides, it was examined which of these phenomena above showed a great recurrence in their writing, once it is evident the persistency of “errors” related to the writing of determined expressions, even though those students have already gone to the second part of elementary school. Therefore, the more propitious contexts to the occurrence of the phonological processes of monophthongization and diphthongization in writing are investigated. The research is based in the collection and analysis of spelling “errors” investigated through a sequence of activities, executed separately in three distinct moments, in which the first and second were done based in filling-the-gaps activities; and the third was done in the writing of an essay. The biggest emphasis of this research is destined to the studies of phonological processes, above all, the monophthongization and the diphthongization. In the analysis, it was discussed about the questions: are the phonological processes of monophthongization and diphthongization recurrent in the writing of 6th (sixth) grade causing a standard variety deviation of the language? Which one occurs more among the two processes approached? Which contexts are favorable to the effectiveness of these processes? These questions guide this study raising reflections around the possible causes that may come to justify these occurrences in a way that provide subsides to the Portuguese language professional that faces the occurrence of these phenomena in his students writing daily. This study makes some considerations around the phonological processes, the relation between speaking and writing, the phonetic-phonologic studies, above all focusing the approach on syllables and diphthongs; and it also revises the literature about the phonological processes analyzed, monophthongization and diphthongization. The methodological procedures adopted were based in a bibliographic, exploratory, descriptive, qualitative-quantitative field research, which was made in the school the researcher works at, the research field, through the data collection, with the respective analysis, showing, then, the intervention purpose, coming to the expected results and to the final considerations. This discussion is supported by the theoretical studies of authors such as Bisol (1986,1999, 2013), Câmara Jr. (1977, 1986, 2011), Lemle (2004), Kato (1999), Bortoni-Ricardo (2005, 2006, 2013), Silva (2004), Mollica (1998), Aragão (2000), Lima Henrique e Hora (2013), Back and Alves Netto (2012), among others.
Palavras-chave: Fonologia
Processos Fonológicos
Monotongação
Ditongação
Ensino
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Programa: Programa de Mestrado Profissional em Letras
Citação: CUNHA, Cínthya Nicoléia Maristênia Félix da. O processos de monotongação e ditongação na escrita de alunos do ensino fundamental: um estudo com base nos processos fonológicos. 2017. 202 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Letras) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/145
Data de defesa: 10-Apr-2017
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_CUNHA, Cínthya Nicoléia Maristênia Félix da.pdfTexto integral4,11 MBAdobe PDFDownload/Open Preview
Termo de autorização para publicação digital.pdfTermo de autorização para publicação digital355,16 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.