???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/184
Tipo do documento: Dissertação
Título: Oralidade e ancestralidade: uma análise de Histórias de leves enganos e parecenças, de Conceição Evaristo
Autor: Carmo, Wilany Alves Barros do
Primeiro orientador: Souza, Elio Ferreira de
Primeiro membro da banca: Silva, Assunção
Segundo membro da banca: Sousa, Douglas Rodrigues de
Resumo: Este trabalho tem como corpus de análise a obra Histórias de leves enganos e parecenças (2016), de Conceição Evaristo. Livro composto por doze contos e uma novela tem na sua arquitetura temática a predominância da memória ancestral e da oralidade afrodescendentes. Defendemos a hipótese de que Conceição Evaristo traduz para sua literatura e para à literatura afro-brasileira os “rastros” (GLISSAT, 2014) da cultura negra em transcultural no Brasil. Os microclimas culturais da tradição negra advêm dos antepassados africanos, que se encontram agora em tradução na literatura das Américas. Conceição Evaristo transita entre o público e o privado numa atmosfera reflexiva e analítica dos sujeitos sociais fragmentados pelos embates culturais desequilibrados. Histórias de leves enganos e parecenças adquire dimensões eloquentes daquilo que pode ser classificado como “realismo animista”, visto que se utiliza de elementos “mágicos”, os quais evocam a tradição cosmogônica da cultura africana. Os mitos representados nas narrativas da obra dão uma nova roupagem à “escrevivência” de Conceição Evaristo. Os elementos da natureza são evocados e simbolizados a partir de uma perspectiva genesíaca, tendo as águas como elemento central desse processo. Em “Sabela”, último texto da obra, a ressignificação da tradição dos ancestrais se traduzir sob à luz da memória e das identidades negras. Nesse sentido, esta pesquisa se justifica pelo papel fundamental que a obra de Conceição Evaristo tem no processo de reflexão das questões étnicas, raciais e femininas no contexto da oralidade e da ancestralidade negras. O objetivo geral dessa pesquisa é estudar a manifestação da oralidade e da ancestralidade afrodescendentes em Histórias de leves enganos e parecenças. Os objetivos específicos são estudar a literatura afro-brasileira no contexto da crítica literária atual; contextualizar os lugares ocupados por Conceição Evaristo no cenário da crítica literária afro-brasileira e no Movimento Negro; investigar a herança oral de tradição afrodescendente; examinar a ocorrência da ancestralidade afrodescendente em Histórias de leves enganos e parecenças. A metodologia da pesquisa se pautou pelo levantamento bibliográfico a partir da investigação de textos de Brookshaw, (1983); Bhabha, (2014); Hall, (2011); Glissant, (2013); Hampaté Bâ, (2010); Garuba, (2012); Halbwachs, (2003); Leite, (2012); Duarte, (2007), Souza (2017), entre outros. Como resultado de análise, verificamos que as narrativas são múltiplas de significação, representam valores culturais oriundos dos antepassados afrodescendentes. Constatamos a importância dos contadores de histórias para a preservação das narrativas ancestrais responsáveis pela manutenção de mitos, provérbios e narrativas dos povos de tradição oral, traduzidas na cultura brasileira nos dias de hoje.
Abstract: The corpus of analysis of our work is the book Histórias de leves enganos e parecenças (2016), by Conceição Evaristo. The book is composed of twelve short stories and one novella, in its thematic architecture is the predominance of ancestral memory and the orality of Afro descendants. We defend the hypothesis that Conceição Evaristo translates in her literature and into Afro-Brazilian literature, the "traces" (GLISSAT, 2014) of black culture. The cultural microclimates of black tradition come from African ancestors, which can now be found in the literature of the Americas. Conceição Evaristo transits between the public and the private in a reflexive and analytical atmosphere of the social subjects fragmented by the unbalanced cultural conflicts. Histórias de leves enganos e parecenças acquires eloquent dimensions of what can be classified as "animist realism," since "magical" elements are used, which evokes the cosmogonic tradition of African culture. The myths represented in the narratives highlight a different style to Conceição Evaristo's "self-writing". The elements of nature are evoked and symbolized from a perspective deriving from genesis, with water as the central element in this process. In "Sabela", the final text of the book, the re-signification of ancestor’s tradition of translating themselves under the light of memory and black identities. In this sense, this research is justified by the fundamental role the work of Conceição Evaristo has in the process of reflecting on ethnic, racial and female issues in the context of black orality and black ancestry. The overall objective of this research is to analyze the manifestation of orality and ancestry of afro descendants in Histórias de leves enganos e parecenças. The specific objectives are to study Afro-Brazilian literature considering contemporary literary criticism; to contextualize the places occupied by Conceição Evaristo in the scenario of Afro-Brazilian literary criticism and in the Black Movement; to investigate the oral heritage of Afro descendant tradition; to explore the occurrence of Afro descendant ancestry in Histórias de leves enganos e parecenças. The methodology was based on the bibliographical survey from texts by Brookshaw, (1983); Bhabha, (2014); Hall, (2011); Glissant, (2013); Hampaté Bâ, (2010); Garuba, (2012); Halbwachs, (2003); Leite, (2012); Duarte, (2007), Souza (2017), among others. As the result of analysis, we verified that the narratives are multiple in meanings, they represent cultural values originating from the afro descendant ancestors. We note the importance of storytellers for the preservation of the ancestral narratives responsible for the maintenance of myths, proverbs and narratives of oral tradition, translated into Brazilian culture today.
Palavras-chave: Oralidade
Ancestralidade
Narrativa
Literatura Afro-Brasileira
Conceição Evaristo
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Programa: Programa de Mestrado Acadêmico em Letras
Citação: CARMO, Wilany Alves Barros do. Oralidade e ancestralidade: uma análise de Histórias de leves enganos e parecenças, de Conceição Evaristo. 2019. 133 f. Dissertação (Programa de Mestrado Acadêmico em Letras) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/184
Data de defesa: 12-Mar-2019
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação CompletaTexto completo1,16 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons