???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/35
Tipo do documento: Dissertação
Título: Memória e poesia: uma análise da poética de Da Costa e Silva
Título(s) alternativo(s): Memory and poetry : a poetic analysis of Da Costa e Silva
Autor: Cardoso, Maria Daíse de Oliveira
Primeiro orientador: Bezerra Filho, Feliciano José
Resumo: Esta dissertação objetiva estudar as relações entre memória e poesia na obra de Da Costa e Silva. Para tanto, escolhemos Sangue, primeira obra, publicada no ano de 1908, por ter em seus poemas possibilidades de diálogos atemporais, interligando a memória à estrutura dos versos do eu lírico. Selecionamos três poemas (―Saudade‖, ―Mater‖ e ―Rio das Garças‖), pelo fato de que neles a relação entre memória e poesia mostrou-se de forma mais patente. Tomamos como base os estudos de memória de Henri Bergson e outros que também se dedicaram a essa temática, e, principalmente a estratificação do texto poético proposto por Roman Ingarden, acrescentando as ideais de Maria Luiza Ramos. Estas teorias nos permitiram compreender a construção de sentido do discurso memorialístico. Isto porque, em nossas análises, contemplamos tanto os aspectos memorialísticos quanto os poéticos, pois entendemos que a leitura de um texto poético de caráter mnemônico, ganha sentido completo quando a abordagem parte do passado para o presente, do interno ao externo, do imaginário à representação do real. A partir de pesquisas bibliográficas, pudemos perceber que os poemas de Da Costa e Silva, especialmente os que compõem o corpus desse trabalho, pautam-se em uma dinâmica entre memória e estruturação poética, resultando em estilo peculiar.
Abstract: This paper aims to study the relations between memory and poetry in Da Costa e Silva‘s work. In order to do that, we chose Sangue, his first work, published in 1908, for having in his poems possibilities of timeless dialogues, linking memory to verses structures of the I lyrical. We selected three poems (―Saudade‖, ―Mater‖ and ―Rio das Garças‖), because in them the relation between memory and poetry is shown in a very strong way. We took as basis the memory study of Henri Bergson and others that also have dedicated to this theme, and, mainly to the poetics text stratification proposed by Roman Ingarden, adding the ideas of Maria Luiza Ramos. These theories allow us comprehend the sense construction of the memorialistic discussion. That is why, in our analysis, we include both the memorialistic aspects and the poetics, because we understand that the reading of a poetic text of mnemonic character, gains a complete sense when the approach starts from the past to the present, from the inside to the outside, from the imaginary to the representation of real. From the bibliography researches, we could notice that Da Costa e Silva‘s poems, especially the ones that are in the corpus of this paper, are set in dynamic between memory and poetics structure, ending up in a peculiar style.
Palavras-chave: Poesia
Memória
Da Costa e Silva
Poetry
Memory
Da Costa e Silva
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Programa: Programa de Mestrado Acadêmico em Letras
Citação: Cardoso, Maria Daíse de Oliveira. Memória e poesia: uma análise da poética de Da Costa e Silva. 2015. 117 f. Dissertação (Programa de Mestrado Acadêmico em Letras) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/35
Data de defesa: 24-Aug-2015
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Daíse de Oliveira Cardoso.pdfTexto completo1,72 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons