???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/97
Tipo do documento: Dissertação
Título: Negritude, identidade e consciência estética na poesia afro-brasileira de Oswaldo de Camargo
Título(s) alternativo(s): Negritude, identity and aesthetic consciousness in the Afro-Brazilian poetry of Oswaldo de Camargo
Autor: Carmo Filho, Raimundo Silvino do
Primeiro orientador: Souza, Elio Ferreira de
Resumo: Este trabalho se propôs ao estudo da poesia afro-brasileira do escritor Oswaldo de Camargo à luz da crítica literária afrodescendente. Investiga-se a obra O Estranho, publicada em 1984, na tentativa de entender como Oswaldo de Camargo formulou uma perspectiva de negritude, assim como, propôs debates sobre questões de identidade e consciência estética. Nessa pesquisa, o ponto de vista e os lugares de onde fala a literatura negra e/ou afro-brasileira foram examinados a partir da valorização de diálogos, encontros, tensões e conflitos culturais vivenciados pelo negro brasileiro. No capítulo I, apresentam-se as abordagens e princípios que formularam essa pesquisa e como o texto está alinhado. No capítulo II, expõem-se e examinam-se as propostas de alguns escritores, que se debatem sobre os possíveis conceitos e definições de literatura afro-brasileira e/ou literatura negra, apresentam-se ainda as proposições de Eduardo de Assis Duarte e os operadores discursivos da literatura afro-brasileira sugeridos pelo crítico. No capítulo III, faz-se uma proposição acerca de uma possível negritude brasileira a partir da reflexão de quatro movimentos culturais brasileira. Inicia-se essa reflexão nos anos de 1940 e conclui-se nos anos de 1970, abordam-se os movimentos: Teatro Experimental Negro, o jornal O Quilombo, o Teatro Popular Brasileiro, a Associação Cultural do Negro e os Cadernos Negros. No capítulo IV, aborda-se a poesia de Oswaldo de Camargo, defendendo-se a tese segunda a qual o autor tematiza a negritude, a identidade e uma consciência estética na sua poesia. Leiam-se poemas, façam-se proposições e sugerem-se perspectivas dentro da poesia de Oswaldo de Camargo. No capítulo V, finaliza-se a pesquisa fundamentando os passos percorridos, assim como, o referencial teórico adotado. Chama-se a atenção para importância da literatura de Oswaldo de Camargo para endossar as questões raciais no Brasil e comunga-se da proposição de que a literatura é uma ferramenta de fundamental importância para os debates sobre racismo, discriminação e preconceito. Ressalta-se a interrelação estético/temática, não os separa-se, visto que, os vê-se como universos intercruzados, como rizoma, como teia de aranha no seu emaranhado.
Abstract: This thesis aims to study the African-Brazilian poetry writer Oswaldo de Camargo in the light of African descent literary criticism. It investigates the work O Estranho, published in 1984 in an attempt to understand how Oswaldo de Camargo formulated a negritude perspective; hence, he proposes discussions on issues of identity and aesthetic awareness. In this research, the view and the places from where he speaks to black and / or African-Brazilian literature were examined based on the value of dialogue, meetings, cultural tensions and conflicts experienced by the Brazilian black. In Chapter I, It presents the approaches and principles that formulated this research and how the text is aligned. In Chapter II, It exposes and examines the proposals of some writers who are struggling on the possible concepts and definitions of African-Brazilian and / or black literature, It also presents the propositions of Eduardo de Assis Duarte and the discursive markers of African-Brazilian literature suggested by him. In Chapter III, It makes a proposition about a possible Brazilian negritude from the reflection of four Brazilian cultural movement perspectives. This reflection begins in 1940 and finishes in 1970, it refers to these movements: the Teatro Experimental do Negro, the newspaper Quilombo, the Teatro Popular Brasileiro, the Associação Cultural do Negro and the Cadernos Negros. In Chapter IV, It discusses the poetry of Oswaldo de Camargo, and also defends the second thesis according to which the author studies the blackness, identity and aesthetic consciousness in his poetry. It reads poems, makes proposals and suggests perspectives within Oswaldo de Camargo’s poetry. In Chapter V, It finishes the research substantiating the steps covered, likewise the theoretical reference adopted. It claims the importance of Oswaldo de Camargo literature to endorse racial issues in Brazil and shares the proposition that literature is a tool of fundamental importance on racism, discrimination and prejudice debates. It emphasizes the aesthetic interrelation / thematic, never separating them, because it sees them as intercrossed universes like a rhizome, like an entangled spider web.
Palavras-chave: Negritude
Identidade
Literatura Afro-Brasileira
Poesia
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Programa: Programa de Mestrado Acadêmico em Letras
Citação: Carmo Filho, Raimundo Silvino do. Negritude, identidade e consciência estética na poesia afro-brasileira de Oswaldo de Camargo. 2016. 115 f. Dissertação (Programa de Mestrado Acadêmico em Letras) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/97
Data de defesa: 11-Feb-2016
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação CompletaTexto completo1,2 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons