???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/164
Tipo do documento: Dissertação
Título: Perfil fitoquímico, atividade antioxidante e citogenotóxica de Jatropha mollissima (Pohl) Baill
Autor: Dias, Wellington Luís Fonsêca
Primeiro orientador: Martins, Francielle Alline
Primeiro coorientador: Costa Júnior, Joaquim Soares da
Primeiro membro da banca: Martins, Francielle Alline
Segundo membro da banca: Almeida, Pedro Marcos de
Terceiro membro da banca: Costa júnior, Joaquim Soares da
Quarto membro da banca: Sá, José Luiz Silva
Resumo: A diversidade da flora nacional é fonte de uma variedade considerável de componentes fitoquímicos com bioatividade diversificada. No Brasil são registrados, desde o período colonial, os benefícios terapêuticos das plantas medicinais. O uso deste conhecimento secular tem como base o empirismo popular, ligado a uma transmissão oral entre gerações, contribuindo de forma positiva com a divulgação dos efeitos curativos das plantas. Portanto as folhas, caule e raízes são fontes, popularmente conhecidas de substâncias com potenciais terapêuticos. A exemplo pode-se citar a espécie Jatropha mollissima (Euphorbiaceae), conhecida no nordeste brasileiro como pinhão-bravo ou pinhão-de-purga, usada na medicina popular como anti-inflamatória, antiofídica e antimicrobiana. Portanto, esse trabalho tem como objetivo a identificação das principais classes de metabólitos secundários e avaliar as atividades antioxidantes e citogenotóxicas das frações Hexânica (HE), Acetato de Etila (AE) e Metanólica (ME) do extrato etanólico das folhas da J. mollissima. Após a produção do extrato bruto das folhas, realizada por extração exaustiva a frio em etanol absoluto, durante 72 horas, foram realizadas as partições do extrato, segundo as polaridades crescentes dos solventes usados, a fim de obter as frações: HE, AE e ME. As atividades antioxidantes das frações foram determinadas pelo sequestro e eliminação do radical DPPH• e pelo ensaio ABTS•+. O método de Folin-Ciocalteu foi usado para analisar o teor de fenois totais e o efeito citogenotóxico foi avaliado pelo bioensaio Allium cepa. Sementes de cebola foram germinadas em placa de Petri, após atingir 2 cm foram transferidas para diferentes concentrações (0,01; 0,1; 1 e 10 mg/mL) das frações em estudo. O Metil-Metano-Sulfonato 10 mg/L (MMS) foi utilizado como controle positivo e DMSO 1% como controle negativo. Após 24h de exposição, as raízes foram fixadas em Carnoy. A citogenotoxicidade foi avaliada pela contagem, em microscópio de luz (400 x), de 5.000 células meristemáticas (500 células/lâmina). Análises fitoquímicas revelaram a presença de triterpenos no HE, que também foram observados em conjunto com flavonóides no AE. Saponinas, catequinas, fenóis, taninos, flavonóides, flavonas, flavonóis e xantonas foram encontradas no ME. O teor de fenóis totais mostrou que as frações são possuidoras de compostos fenólicos em diferentes quantidades, onde ME e HE possuem, respectivamente, o maior e menor valor. A ordem crescente da atividade antioxidante coincide com a polaridade molecular dos solventes usados para obtenção das frações pesquisadas. HE, AE e ME estão na ordem encontradas de eficácia na redução dos radicais DPPH• e ABTS•+. As diluições testadas, exceto nas duas menores de ME, demonstraram significativo potencial citotóxico, enquanto os efeitos mutagênico e genotóxico foram observados apenas nas duas maiores concentrações de ME.
Abstract: National flora diversity is a source of a considerable variety on phytochemical components with a diversified bioactivity. In Brazil, the therapeutic benefits of medicinal plants have been registered since the colonial period. The use of this secular knowledge is based on popular empiricism, related to an oral transmission between generations, contributing positively to the dissemination of the plants' curative effects. Therefore, leaves, stems and roots are popular sources of substances with therapeutic potentials. For example, there are the pine Jatropha mollissima (Euphorbiaceae) species, known in northeast Brazil as “pinhão bravo” or “pinhão-de-purga”, used in popular traditional medicine as antiofidic, anti-inflammatory and antimicrobial. Therefore, the objective of this work is to identify the main classes of secondary metabolites and to evaluate the antioxidant and cytogenotoxic activities of the Hexanic (HE), Ethyl Acetate (EA) and Metanolic (ME) fractions of the Jatropha mollissima leaves extracts. After producing the crude extract from the leaves by cold exhaustion in absolute ethanol for 72 hours, the extract was partitioned according to the increasing solvents polarities used, in order to obtain the HE, EA and ME fractions. The antioxidant activities of these fractions were determined by DPPH• free radical scavenging and the ABTS•+ assay. The total phenolic content of the extract was determined by the Folin–Ciocalteu method, and the cytogenotoxic effects was evaluated by the Allium Cepa bioassay. Onion seeds were germinated in Petri plate. After reaching 2 cm they were transferred to different concentrations (0,01, 0,1, 1 and 10 mg/mL) of the fractions under this study. Methyl Methane Sulfonate 10 mg/L (MMS) was used as a positive control and 1% DMSO as a negative control. After 24h of exposure, the roots were fixed in Carnoy's solution. The cytogenotoxicity activity was evaluated by counting of 5,000 meristematic cells (500 cells/slide), using a light microscope (400 x). Phytochemical analyses revealed the presence of triterpenes in the HE, which were also observed in conjunction with flavonoids in the EA. Saponins, catechins, phenols, tannins, flavonoids, flavones, flavonols and xanthones were present in the ME. The total phenol content showed that the fractions have phenolic compounds in different quantities, where ME and HE have the highest and lowest values, respectively. The increasing order of the antioxidant activity coincides with the molecular polarity of the solvents used to obtain the fractions studied. HE, EA and ME are in the effectiveness order in reducing the DPPH• and ABTS•+ radicals. The dilutions tested, except in the two smaller ME, demonstrated significant cytotoxic potential, while the mutagenic and genotoxic effects were observed only in the two highest concentrations of ME.
Palavras-chave: Bioatividade
Allium Cepa
Pinhão-Bravo
Área(s) do CNPq: CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Programa: Programa de Pós-Graduação em Química
Citação: DIAS, Wellington Luís Fonsêca. Perfil fitoquímico, atividade antioxidante e citogenotóxica de Jatropha mollissima (Pohl) Baill. 2018. 44 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Química) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/164
Data de defesa: 3-Jul-2018
Appears in Collections:Mestrado em Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação CompletaTexto completo1,08 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons