???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/406
Tipo do documento: Dissertação
Título: Identificação de compostos bioativos nos extratos etanólico das raízes e folhas da Cecropia pachystachya Tréc. e estudos in silico preADMET e docagem molecular com as enzimas 5-LOX e α-1-antitripsina
Autor: Mourão, Penina Sousa
Primeiro orientador: Uchôa, Valdiléia Teixeira
Primeiro coorientador: Alves, Wellington dos Santos
Primeiro membro da banca: Uchôa, Valdiléia Teixeira
Segundo membro da banca: Alves, Wellington dos Santos
Terceiro membro da banca: Martins, Evandro Paulo Soares
Quarto membro da banca: Silva Filho, Francisco Artur e
Quinto membro da banca: Lima, Francisco das Chagas Alves
Resumo: As plantas medicinais são amplamente estudadas, devido seus compostos fitoquímicos possuírem um potencial terapêutico para tratamento de diversas doenças. A Cecropia pachystachya Trécul, popularmente conhecida por embaúba, pertence à família Cecropiaceae, sendo utilizada pela população no tratamento de bronquite, asma, pressão alta, febre, e como diurético. Suas ações farmacológicas como anti-inflamatória, antioxidante, efeito cardiotônico, sedativo entre outros já foram comprovados cientificamente. Com isso, o objetivo deste trabalho é identificar compostos bioativos dos extratos etanólico das raízes e das folhas da C. pachystachya (ERCP e EFCP), bem como verificar a afinidade destes metabólitos com as enzimas 5-Lipoxigenase (5-LOX) e α-1-antitripsina por meio de testes in silico. O isolamento dos compostos do ERCP foi realizado por cromatografia clássica e a identificação foi realizada utilizando técnicas de CG-EM CLAE, Infravermelho (IV) e Ressonância Magnética Nuclear (RMN). Após a identificação e/ou isolamento dos compostos bativos, estes foram submetidos ao estudo in silico que se procedeu na realização de simulações PreADMET e cálculos de docagem molecular. Os compostos bioativos identificados foram: L - (+) - ácido ascórbico 2,6-dihexadecanoato, hexadecanoato de etila, (9E,12E)-octadeca-9,12-dienoato de etila, (Z)-octadec-9-enoato de etila, octadecanoato de etila, fitol, ácido linoleico e 2,2-dicloroacetato tridec-2-inil por CG-EM; ácido clorogênico, catequina, epicatequina, seringaldeído, ácido cumárico por CLAE; β-sitosterol, sitostenona, beccaridiol, ácido tormêntico, lupeol, α e β-amirina por técnicas de cromatografia clássica, IV, RMN 1H e 13C. As propriedades ADMET (Absorção, Distribuição,Metabolização, Excreção e Toxicidade) foram determinadas para cada composto bioativos. O beccaridiol mostrou melhor afinidade com a enzima 5-LOX e a sitostenona apresentou melhor afinidade com a enzima α-1-antitripsina. Diante disso, temos que a C. pachystachya estudada apresenta uma gama diversificada de metabólitos secundários, tendo estes apresentado interações relevantes com as enzimas 5-LOX e α-1-antitripsina. Ressaltando assim que a embaúba pode ser empregada em estudos experimentais in vivo como uma forma de tratamento alternativo a doenças pulmonares crônicas.
Abstract: The medicinal plants are widely studied because their phytochemical compounds have a therapeutic potential for the treatment of various diseases. “ embaúba”, belongs to the Cecropiaceae family, and is used by the native population in the treatment of bronchitis, asthma, high blood pressure, fever, and as a diuretic. Its pharmacological actions such as anti-inflammatory, antioxidant, cardiotonic effect, sedative and others have been scientifically proven. Thus, the objective of this work is to identify bioactive compounds from ethanolic extracts of the roots and leaves of C. pachystachya (ERCP and EFCP), as well as to verify the affinity of these metabolites with the enzymes 5-Lipoxygenase (5-LOX) and α-1-antitrypsin through in silico tests. Isolation of the compounds from ERCP was performed by classical chromatography and identification was carried out using GC-MS, HPLC, Infrared (IR) and Nuclear Magnetic Resonance (NMR) techniques. After the identification and/or isolation of the bactive compounds, they were subjected to the in silico study that proceeded in performing PreADMET simulations and molecular docking calculations. The bioactive compounds identified were: L - (+) - ascorbic acid 2,6-dihexadecanoate, ethyl hexadecanoate, ethyl (9E,12E)-octadec-9,12-dienoate, ethyl (Z)-octadec-9-enoate, ethyl octadecanoate, phytol, linoleic acid and tridec-2-inyl 2,2-dichloroacetate by GC-MS; chlorogenic acid, catechin, epicatechin, syringaldehyde, coumaric acid by CLAE; β-sitosterol, sitostenone, beccaridiol, tormentic acid, lupeol, α- and β-amyrin by classical chromatography, IR, 1H and 13C NMR techniques. ADMET properties were determined for each bioactive compound. Beccaridiol showed better affinity for the 5-LOX enzyme and sitostenone showed better affinity for the α-1-antitrypsin enzyme. Thus, we have that the C. pachystachya studied presents a diverse range of secondary metabolites, and these showed relevant interactions with the enzymes 5-LOX and α-1-antitrypsin. Thus, we emphasize that the embaúba can be employed in in vivo experimental studies as a form of alternative treatment for chronic pulmonary diseases.
Palavras-chave: Cecropiaceae
Beccaridiol
DPOC
Sitostenona
Embaúba
Área(s) do CNPq: CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Departamento: Centro de Ciências da Natureza
Programa: Programa de Pós-Graduação em Química
Citação: MOURÃO, Penina Sousa. Identificação de compostos bioativos nos extratos etanólico das raízes e folhas da Cecropia pachystachya Tréc. e estudos in silico preADMET e docagem molecular com as enzimas 5-LOX e α-1-antitripsina. 2023. 84f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Química) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina, 2022.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/406
Data de defesa: 26-Aug-2022
Appears in Collections:Mestrado em Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Completa.pdfTexto Completo2,17 MBAdobe PDFDownload/Open Preview
Termo de Publicação.pdf417,41 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.