???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/123
Tipo do documento: Dissertação
Título: A mímesis e o imaginário em Rio Subterrâneo, de O. G. Rego
Autor: Cunha, Francisca Jheine Andrade
Primeiro orientador: Fernandes, Fabrício Flores
Primeiro membro da banca: Fernandes, Fabrício Flores
Segundo membro da banca: Pinheiro, Carlos André
Terceiro membro da banca: Torres, José Wanderson Lima
Resumo: O objetivo desta dissertação é interpretar a obra Rio Subterrâneo, de O. G. Rego de Carvalho, com base nas teorias da mímesis e do Imaginário. Com esse fim, elegeu-se a proposta teórica de Luiz Costa Lima sobre a mímesis, tendo em vista que ele ampara a redefinição do conceito a partir de um olhar que desvencilha o texto literário da metáfora de espelho do mundo para pensar o processo mimético como produtor de diferença. Neste seguimento, o Imaginário coopera na leitura e compreensão da poética de Rego de Carvalho por fornecer o arcabouço metodológico que auxilia na interpretação da obra, posto que a mímesis costalimiana torna viável o diálogo com o Imaginário, devido a seu caráter produtivo. Esse desdobramento teórico evidencia a potencialidade de representação presente em Rio Subterrâneo e a pertinente dinâmica do simbolismo das águas que o romance apresenta. Nestes quesitos na análise, identificamos a maneira como a obra de Rego de Carvalho retoma a realidade e como a poética da representação ressoa no imaginário, especificamente o das águas, engendrado no texto através das diversas imagens referentes ao simbolismo aquático.
Abstract: The objective of this dissertation is to interpret the work Underground River, by O g. Rego de Carvalho, based on the theories of mímesis and of the imaginary. With this purpose, it was elected the theoretical proposal of Luiz Costa Lima about the mímesis, considering that he supports the redefinition of the concept from a look that breaks the literary text of the metaphor of the mirror world to think the mimetic process as a producer of difference. In this follow-up, the imaginary cooperates in the reading and understanding of the poetics by Rego de Carvalho for providing the methodological framework that assists in the interpretation of the work, since the mímesis costalimiana makes feasible the dialogue with the imaginary, due to his character. This theoretical breakdown highlights the potential of this representation in underground river and the relevant dynamics of water symbolism the novel presents. In these questions in the analysis, we identified how the work of Rego de Carvalho returns to reality and how the poetics of representation resonates in the imagination, specifically the waters, engendered in the text through the various images related to water symbolism.
Palavras-chave: Rio Subtêrraneo
Mímesis
Representação do Imaginário
Literatura Piauiense - Crítica
Simbolismo Aquático
O. G. Rêgo
Área(s) do CNPq: LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Programa: Programa de Mestrado Acadêmico em Letras
Citação: Cunha, Francisca Jheine Andrade. A mÍmesis e o imaginário em Rio Subterrâneo, de O. G. Rego. 2016. 103 f. Dissertação (Programa Mestrado Acadêmico em Letras) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/123
Data de defesa: 23-Mar-2016
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação CompletaTexto Completo852,12 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.