???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/256
Tipo do documento: Dissertação
Título: The old man and the sea, de Hemingway a Petrov: processos da adaptação do romance para a animação cinematográfica
Autor: Lima, Francisca Maria de Figuêredo
Primeiro orientador: Torres, José Wanderson Lima
Primeiro membro da banca: Brito, Herasmo Braga de Oliveira
Segundo membro da banca: Sousa, Douglas Rodrigues de
Resumo: Este trabalho consiste em uma pesquisa bibliográfica, em que é feita uma análise comparativa entre a obra literária The Old Man and the Sea, de Ernest Hemingway, e sua animação cinematográfica homônima, de 1999, realizada por Aleksandr Petrov, sob a perspectiva dos estudos da adaptação fílmica. Na comparação entre as obras, dialogamos com os conceitos teóricos de adaptação formuladas por Hutcheon (2013), Stam (2009), McFarlane (1996), Bluestone (1973), bem como suas sugestões de trabalho analítico. Discutimos também sobre as características e os processos específicos do cinema de animação, desde suas correspondências e divergências, até as suas implicações criativas, com base nos trabalhos de Miranda (1971), Barbosa Júnior (2001), Graça (2006), entre outros, Observamos, ainda, questões sobre significação, linguagem e estética cinematográfica, com base em Metz (1972), Eisenstein (2002; 2002a), Martin (2005) e Aumont (2012), respectivamente, em comparação com a linguagem literária. A partir disso, tratamos dos aspectos que envolvem os processos da adaptação percebidos no filme animado, analisando o modo como eles ocorrem e sua relevância na relação com a obra literária. Objetivamos identificar como ocorre o diálogo entre a obra literária e a cinematográfica, de que maneira e com quais intenções significativas o artista russo cria as imagens e incute-as de significados, correspondentes à narrativa da obra de Hemingway. Nesta análise não fazemos determinações de fidelidade ou infidelidade na adaptação, considerando que nosso enfoque está nos processos de recriação, e não somente no produto final. Assim, apontamos como o animador usa sua liberdade diante das possibilidades criativas do cinema de animação, caracteristicamente experimental, para criar uma obra com aura própria, mas, ao mesmo tempo, equivalente ao seu hipotexto. Através das observações feitas nesta análise, intentamos mostrar a importância desse tipo de transposição criativa dentro do contexto dos estudos da literatura, considerando que é com as possibilidades que ela apresenta que o filme acrescenta ainda mais perspectivas à obra literária.
Abstract: This study is a bibliographic research, with a comparative analysis between Ernest Hemingway's The Old Man and the Sea and its 1999 film adaptation, by Aleksandr Petrov, from the perspective of film adaptation studies. In the comparison between these two works, we discuss the theoretical concepts of adaptation developed by Hutcheon (2013), Stam (2009), McFarlane (1996), and Bluestone (1973) as well as their suggestions for an analytical work. We also discuss the specific characteristics and processes of animation film, from its correspondences and divergences, to its creative implications, based on the studies of Miranda (1971), Barbosa Júnior (2001), Graça (2006), among others. In addition, we discuss questions about the meaning, language and aesthetics of cinema, based on Metz (1972), Eisenstein (2002; 2002a), Martin (2005) and Aumont (2012) respectively, comparing it to literary language. After this, we deal with all the aspects that involve the processes of adaptation perceived in this animated film; we analyze how they occur and what is their relevance in relation to the literary work. We aim to identify how the dialogue between book and film occurs, in what way, and with what significant intentions, the Russian artist creates the images and instills them with meanings, corresponding to Hemingway's narrative work. In this analysis, we do not claim fidelity or infidelity determinations in the adaptation, considering that our focus is on the creation processes, and not only on the final product. Thus, we point out how the animator uses his freedom in the creative possibilities of animation film, characteristically experimental, to create a story with its own aura but, at the same time, equivalent to its hypotext. Through the observations made in this analysis, we try to show the importance of this type of creative transposition within the context of literature studies, considering that, with the possibilities that it presents, the film adds more and more perspectives to the literature work.
Palavras-chave: The old man and the sea
Adaptação cinematográfica
Literatura e Cinema
Área(s) do CNPq: LETRAS::TEORIA LITERARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Departamento: Centro de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Mestrado Acadêmico em Letras
Citação: LIMA, Francisca Maria de Figuêredo. The old man and the sea, de Hemingway a Petrov: processos da adaptação do romance para a animação cinematográfica. 2018. 93 f. Dissertação (Programa de Mestrado Acadêmico em Letras) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/256
Data de defesa: 11-May-2018
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Completa1,81 MBAdobe PDFDownload/Open Preview
Termo de Publicação326,59 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.