???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/312
Tipo do documento: Dissertação
Título: Perfil fitoquímico, atividade antioxidante e citogenotoxicidade da catingueira (Poincianella bracteosa (Tul.) L.P. Queiroz)
Autor: Freire, Jamilson dos Santos
Primeiro orientador: Martins, Francielle Alline
Primeiro coorientador: Freitas, Sâmya Danielle Lima de
Resumo: Poincianella bracteosa (Tul.) L. P. Queiroz, conhecida como catingueira, é uma espécie amplamente usada para o tratamento de infecções renais, hipertensão, cólica intestinal e anemia. O Avaliar o perfil fitoquímico, atividade antioxidante, citogenotoxicidade e antigenotoxicidade da catingueira (P. bracteosa). A espectroscopia de infravermelho revelou bandas características de grupo O-H no EE e frações polares (FE e FA), indicando a presença de compostos hidroxilados na Catingueira. Foi observado grupos metila (CH3) e metileno (CH2), sugerindo a presença de cadeia alifática em FH. Na verificação dos perfis cromatográficos por CLAE-DAD nas frações FE e FA, foi possível registrar a presenta de duas classes de metabólitos secundários, taninos hidrolisáveis (elagitaninos e galotaninos) e flavonoides. A análise por ESI-IT/MSn permitiu a identificação 7 compostos fenólicos: ácido gálico, ácido quínico, elágico, amentoflavona, corilagina, ácido chebulático e castalagina. FE teve maior teor de fenólicos totais (441,23 ± 1,82 mg EAG/g), enquanto FH registrou maior conteúdo de flavonoides totais (84,77 ± 4,34 mg EQ/g). Maior atividade antioxidante foi observada na FE (CE50 25,06 ± 0,1 µg/mL). Efeito citotóxico foi observado para todas as frações no ensaio A. cepa. No ensaio de antigenotoxicidade, observou-se o efeito protetor da FE e FA que atuaram modulando a ação mutagênica do MMS inibindo principalmente a ocorrência micronúcleos. FE foi considerada a mais promissora, pois não foi genotóxica, apresentou atividade protetora contra aos danos induzidos pelo MMS e ainda apresentou atividade citotóxica. Este é primeiro relato de identificação de compostos fenólicos na espécie P. bracteosa
Abstract: Poincianella bracteosa (Tul.) L. P. Queiroz, known as catingueira, is a species widely used to treat kidney infections, hypertension, intestinal colic and anemia. O Assess the phytochemical profile, antioxidant activity and cytogenotoxicity of catingueira (Poincianella bracteosa). Infrared spectroscopy revealed characteristic bands of group O-H in EE and polar fractions (EF and AF), indicating the presence of hydroxylated compounds in Catingueira. Methyl (CH3) and methylene (CH2) groups were observed, suggesting the presence of an aliphatic chain in HF. In the verification of the chromatographic profiles by CLAE-DAD in the EF and AF fractions, it was possible to register the presence of two classes of secondary metabolites, hydrolyzable tannins (ellagitanins and galotanins) and flavonoids. The analysis by ESI-IT / MSn allowed the identification of 7 phenolic compounds: gallic acid, quinic acid, ellagic acid, amentoflavone, corilagine, chebulatic acid and castalagine. EF had a higher content of total phenolics (441.23 ± 1.82 mg EAG / g), while HF registered a higher content of total flavonoids (87.77 ± 4.34 mg EQ / g). Greater antioxidant activity was observed in EF (EC50 25.06 ± 0.1 µg / mL). Cytotoxic effect was observed for all fractions in the A. cepa assay. In the antigenotoxicity test, the protective effect of EF and AF that acted by modulating the mutagenic action of MMS was observed, mainly inhibiting the occurrence of micronuclei. EF was considered to be the most promising, as it was not genotoxic, had protective activity against the damage induced by MMS and also presented cytotoxic activity. This is the first report of identification of phenolic compounds in the species P. bracteosa.
Palavras-chave: Catingueira
Compostos fenólicos
Efeito protetor
Mutagênese
Plantas medicinais
Área(s) do CNPq: QUIMICA::QUIMICA ANALITICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Departamento: Centro de Ciências da Natureza
Programa: Programa de Pós-Graduação em Química
Citação: FREIRE, Jamilson dos Santos. Perfil fitoquímico, atividade antioxidante e citogenotoxicidade da catingueira (Poincianella bracteosa (Tul.) L.P. Queiroz). 2020. 98 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Química) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/312
Data de defesa: 14-Oct-2020
Appears in Collections:Mestrado em Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Completa.pdf2,41 MBAdobe PDFDownload/Open Preview
Termo de Publicação.pdf851,11 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.