???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/142
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ensino de gramática : reflexões semânticas acerca do artigo
Autor: Bento, Vanessa Pinheiro
Primeiro orientador: Martins, Nize da Rocha Santos Paraguassu
Primeiro membro da banca: Müller, Ana Lúcia de Paula
Segundo membro da banca: Melo, Bárbara Olímpia Ramos de
Resumo: Este trabalho desenvolve-se na linha de pesquisa ―Teorias da Linguagem e Ensino‖ do Programa de Mestrado Profissional em Letras – PROFLETRAS da Universidade Estadual do Piauí- UESPI. Tem como tema o ensino de gramática, mais especificamente, o ensino dos artigos definidos e indefinidos no Português Brasileiro (doravante, PB). Atualmente, o que se tem discutido sobre o ensino de gramática diz respeito a sua abordagem em sala de aula, no que competem as estratégias de memorização, exposição de inúmeros conceitos, listas de nomenclaturas e taxonomias exaustivas. Essa prática normativa tem afastado o aluno de momentos de reflexão sobre sua própria língua, além de que tal postura limita o ensino de língua materna, o qual é rico em possibilidades. Dentre os conteúdos de gramática do ensino fundamental, de forma mais específica, escolhemos o artigo. Nossa opção pelo ensino do artigo inserido na escrita dos alunos foi levada em consideração por duas situações frequentes: a primeira, é que os alunos apresentam muitas limitações acerca do seu emprego e, a segunda, por observar que os livros didáticos reservam um sucinto espaço ao estudo desse aspecto gramatical. Dessa forma, o objetivo geral desse trabalho é investigar a compreensão linguística dos alunos do 6º ano acerca do emprego do artigo definido e indefinido, a fim de elaborar uma proposta de ensino que amplie o conhecimento dos alunos sobre o conteúdo. Para alcançar esse objetivo, realizamos uma pesquisa descritiva, adotando como procedimento a pesquisa de campo, de cunho qualitativo, no 6º ano de uma escola pública estadual do Piauí, na cidade de Picos, com uma amostra de 16 alunos de ambos os sexos. Além disso, analisamos o livro didático a fim de caracterizar a abordagem do livro adotado pela escola para explicar o artigo. A pesquisa se fundamenta, principalmente, nos seguintes trabalhos: Geraldi, (1991, 2012), Franchi (1998), Bagno (1999), Duarte & Lima (2000), Travaglia (2003), Possenti (2004, 2012), Antunes (2007, 2014), Facaro (2008), Ilari (2011), Muller & Bertucci (2012), Campos (2014), Kleiman & Sepúlveda (2014), entre outros. Considerando os dados coletados na pesquisa de campo, os resultados apontam que o aluno do 6º ano não conhece todas as possibilidades semânticas do emprego do artigo, apresentando um repertório linguístico limitado acerca de seu emprego, principalmente quanto ao seu desempenho na escrita. Além disso, a análise do livro didático demonstra que o livro adotado aborda essencialmente os aspectos morfossintáticos do artigo, explorando, principalmente, questões de metalinguagem. Desse modo, concluímos que para ampliar o conhecimento dos alunos acerca do emprego do artigo o professor deve explorar o aspecto semântico da gramática e não somente os morfossintáticos com ênfase na metalinguagem. Dessa forma, elaboramos uma proposta de ensino do artigo definido e indefinido que assume como pressupostos teóricos as descrições linguísticas acerca da semântica dos Determinantes de Müller & Bertucci (2012) e como pressupostos metodológicos a concepção de gramática como ciência de Pires de Oliveira & Quarezemin (2016), pois elaboramos uma proposta sugerindo a formulação de hipóteses e julgamento de sentenças por meio da análise linguística e da intuição e observação dos alunos.
Abstract: This work is developed in the research line "Theories of Language and Teaching" of the Professional Master's Program in Language - PROFLETRAS of the State University of Piauí- UESPI. Its theme is the teaching of grammar, more specifically, the teaching of definite and indefinite articles in Brazilian Portuguese (hereafter, PB). The article is a grammatical aspect little explored in the teaching of Portuguese language, and when it is, it is basically restricted to the morphosyntactic perspective.In this context, the question we seek to answer is: what teaching strategies should the teacher use to broaden students' knowledge about the use of the article? The hypothesis that we defend is that the Portuguese language teacher (LP) should explore the semantic aspect of grammar and not only the morphosyntactic. Thus, the general objective of this work is to investigate the linguistic comprehension of 6th grade students about the use of the definite and indefinite article, in order to elaborate a teaching proposal on the subject.To achieve this objective, a descriptive research will be carried out, adopting as a procedure the qualitative field research in the 6th year of a state public school in Piauí, in the city of Picos, with a sample of 16 students of both sexes. The research is based mainly on the studies of the following authors: Geraldi, (1991, 2012), Franchi (1998), Bagno (1999), Duarte & Lima (2000), Travaglia (2003), Possenti (2004, 2012), Antunes (2007, 2014), Facaro (2008), Ilari (2011), Muller & Bertucci (2012), Campos (2014), Kleiman & Sepúlveda (2014), and others.Considering the data collected in the field research, our analysis shows that the student of the 6th grade does not know all the semantic possibilities of using the article, having a limited linguistic repertoire about its use. In this way, we confirm the hypothesis that in order to increase students' knowledge about the use of the article, the teacher should explore the semantic aspect of grammar and not only the morphosyntactic.In addition, with the analysis of the textbook, we find that the approach of the article is essentially morphosyntactic and, predominantly, focused on metalanguage issues. This reveals the need for the Portuguese language teacher to extrapolate the textbook proposal, resorting to linguistic studies.In this way, we elaborate a proposal of teaching of the definite and indefinite article, adopting as theoretical presuppositions semantic aspects of the notion of definitude and indefinitude and as methodological assumptions the use of linguistic analysis, emphasizing not only the morphosyntactic, but above all the semantic aspect.
Palavras-chave: Ensino de Gramática
Língua Portuguesa
Semântica
Análise Linguística
Artigo
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Programa: Programa de Mestrado Profissional em Letras
Citação: BENTO, Vanessa Pinheiro. Ensino de gramática: reflexões semânticas acerca do artigo. 2018. 161 f. Dissertação (Programa de Mestrado Profissional em Letras) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/142
Data de defesa: 28-Feb-2018
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Completa2,98 MBAdobe PDFDownload/Open Preview
Termo de Publicação350,7 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons