???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/194
Tipo do documento: Dissertação
Título: Denotação e conotação como ferramentas para construção do significado do texto: um trabalho de leitura com alunos do 8º ano do ensino fundamental
Autor: Santos, Valdelise Pereira dos
Primeiro orientador: Gomes, Raimundo Francisco
Primeiro membro da banca: Lopes, Iveuta de Abreu
Segundo membro da banca: Martins, Nize R. S. Paraguassu
Resumo: Esta dissertação está inserida no âmbito dos estudos da Semântica e tem por objetivo geral investigar a compreensão dos alunos acerca da denotação e da conotação como ferramentas na construção do significado texto. Os objetivos específicos são: caracterizar a abordagem do livro didático; analisar a interpretação do significado denotativo e conotativo; identificar as implicações semânticas que travam a construção do significado do texto e elaborar uma proposta de intervenção. Os postulados teóricos deste trabalho encontram-se nos estudos de Tamba (2006), Marques (2011), Oliveira (2012), Wachowicz (2013) e Cançado (2013), Basso (2013), Lenz (2013), como referentes para o estudo da Semântica Lexical, Cognitiva, das relações de significado entre palavras e sentenças - hiponímia e hiperonímia, sinonímia antonímia; Sardinha (2007) e Ferrarezi Jr. (2008) subsidiaram os conhecimentos sobre a metáfora; as reflexões sobre leitura fundamentaram-se em Krug (2015), Campos (2014), Koch & Elias (2008), Solé (2003), PCN (1998), Lajolo (1996), Orlandi (1995) e Paulo Freire (1994); para tratar da denotação e da conotação: Ilari (2016), Moreira (2008), Almeida (1994), Abaurre (2008), Mesquita (2009) e Schocair (2015); a metodologia pautou-se em Gil (2002), Marconi (2002), Bortoni-Ricardo (2008) e Bauer e Gaskel (2011). Este estudo foi realizado em uma escola pública da cidade de Caxias-Maranhão, com 10 alunos do 8º ano do Ensino Fundamental, que responderam a 13 questões sobre denotação e conotação. A metodologia consistiu em uma pesquisa bibliográfica, de campo, exploratória, descritiva e de natureza quantiqualitativa. Percebeu-se que os alunos imprimiram nas interpretações textuais confusões entre as palavras e as coisas que elas designam, parte deles não conseguiu relacionar a linguagem denotativa com a conotativa. As inadequações de interpretação textual foram prejudicadas pelas lacunas que os alunos enfrentaram no decorrer das leituras. Portanto, a interpretação textual é uma atividade que deve ser trabalhada de forma planejada e intensa nas aulas de língua portuguesa.
Abstract: This dissertation is inserted in the scope of the studies of Semantics and its main objective is to investigate the students' understanding of denotation and the connotation as tools in the construction of the text meaning. The specific objectives are: to characterize the textbook approach; analyze the interpretation of the denotative and connotative meaning; identify the semantic implications that hinder the construction of the meaning of the text and elaborate a proposal for intervention. The theoretical postulates of this work are found in the studies of Tamba (2006), Marques (2011), Oliveira (2012), Wachowicz (2013) and Cançado (2013), Basso (2013) and Lenz (2013) as references for the study of the Lexical, Cognitive Semantics of the relations of meaning between words and sentences - hyponymy and hyperonymy, synonymy synonymy; Sardinha (2007) and Ferrarezi Jr. (2008) subsidized knowledge about metaphor; the reflections on reading were based on Krug (2015), Campos (2014), Koch & Elias (2008), Solé (2003), PCN (1998), Lajolo (1996), Orlandi (1995) and Paulo Freire; to discuss the denotation and the connotation: Ilari (2016), Moreira (2008), Almeida (1994), Abaurre (2008), Mesquita (2009) and Schocair (2015); the methodology was based on Gil (2002), Marconi (2002), Bortoni-Ricardo (2008) and Bauer and Gaskel (2011). This study was carried out in a public school in the city of Caxias-Maranhão, with 10 students from the 8th year of elementary school, who answered 13 questions about conotation and denotation.The methodology consisted of a bibliographical, field, exploratory, descriptive and quantitative research. It was noticed that the students printed in the textual interpretations confusions between the words and the things that they designate, part of them could not relate the denotative language with the connotative. The inadequacies of textual interpretation were hampered by the gaps that the students faced in the course of the readings. Therefore, the textual interpretation is an activity that must be worked in a planned and intense way in the classes of Portuguese language.
Palavras-chave: Denotação
Conotação
Compreensão
Significado
Texto
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Programa: Programa de Mestrado Profissional em Letras
Citação: SANTOS, Valdelise Pereira dos. Denotação e conotação como ferramentas para construção do significado do texto: um trabalho de leitura com alunos do 8º ano do ensino fundamental. 2019. 222 f. Dissertação (Programa de Mestrado Profissional em Letras) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/194
Data de defesa: 26-Feb-2019
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Completa3,35 MBAdobe PDFDownload/Open Preview
Termo de Publicação982,06 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons