???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/270
Tipo do documento: Dissertação
Título: Uma leitura da narrativa juvenil Cecília que amava Fernando, de Caio Riter, na perspectiva da estética da recepção
Autor: Dias, Eliene da Silva
Primeiro orientador: Carvalho, Diógenes Buenos Aires de
Resumo: A literatura juvenil surge no Brasil a partir da década de 1970, sob influência do contexto histórico, como uma produção literária específica, direcionada ao público jovem, com características adequadas a essa faixa. As transformações referentes aos modos de ver e tratar a infância e a adolescência, assim como o aumento significativo das produções e premiações, dada a qualidade estética atestada em muitas dessas obras, têm instigado também uma leitura crítica dessas produções por parte da academia. Considerando que uma obra se materializa no encontro com o público leitor, este trabalho visa fazer um estudo analítico da narrativa juvenil brasileira Cecília que amava Fernando (2016), do escritor Caio Riter, fundamentado nos pressupostos teóricos da Estética da Recepção, de Hans Robert Jauss (1994). Para tanto, esta pesquisa se desenvolveu na confluência entre teoria, crítica e recepção, com vistas a apresentar um panorama histórico e teórico do sistema literário juvenil, assim como as características que definem essa produção, ancorada nas pesquisas de Coelho (1991), Ceccantini (2000), Colomer (2003), Zilberman (2014) e Navas (2016), entre outros. Investigou-se ainda como a narrativa de Caio Riter propicia uma identificação e, ao mesmo tempo, uma ampliação dos horizontes de expectativas dos leitores em formação, discutindo-se as referências literárias e sociais contidas na obra que levam à emancipação desse leitor juvenil e contribuem para sua atuação na sociedade. Nesse sentido, esta pesquisa contribui para se ampliarem as discussões referentes ao lugar e à relevância do sistema literário juvenil como sistema autônomo, bem como para demonstrar que as caraterísticas das produções literárias juvenis atestam tanto sua qualidade estética quanto seu potencial de estímulo do gosto pela leitura de forma geral, independente da especificidade do leitor.
Abstract: La literatura juvenil surge en Brasil a partir de la década de 1970 bajo la influencia del contexto histórico como una producción literaria específica, direccionada para el público joven con rasgos adecuados para esa fase. Las transformaciones en lo referente a los modos de ver y tratar la infancia y la adolescencia, así como el aumento significativo de las producciones y premios dada la calidad estética atestiguada en muchas de esas obras, ha instigado también una lectura crítica de esas producciones por parte de las academias. Considerando que una obra se materializa en el encuentro con los lectores, este trabajo tiene como objetivo hacer un estudio de análisis en la narrativa juvenil brasileña Cecília que amaba Fernando (2016), del escritor Caio Riter, fundamentado en los presupuestos teóricos de la Estética de la Recepción, de Hans Robert Jauss (1994). Para esto, esta disertación se desarrolla en la confluencia entre teoría, crítica y recepción, en la cual se pretende presentar un panorama histórico y teórico del sistema literario juvenil, bien como las características que definen esta producción, basado en las pesquisas de Coelho (1991), Ceccantini (2000), Colomer (2003), Zilberman (2014) e Navas (2016), entre otros. Se pretende, aún, investigar como la narrativa analizada propone una identificación y al mismo tiempo una expansión de los horizontes de expectativas de dichos lectores en proceso de formación, discutiendo sobre las referencias literarias y sociales compuestas en la narrativa que llevan a la emancipación del lector joven y contribuyen para su actuación en la sociedad. En ese sentido, esta pesquisa contribuye para la ampliación de las discusiones en lo referente al lugar y la relevancia del sistema literario juvenil como sistema autónomo, así como demuestra que las características compuestas en las producciones literarias juvenis confirman su calidad estética y estimulan el gusto por la lectura de forma general, independiente de la especificidad del lector.
Palavras-chave: Narrativa juvenil brasileiro
Estética da recepção
Caio Riter
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Departamento: Centro de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Mestrado Acadêmico em Letras
Citação: DIAS, Eliene da Silva. Uma leitura da narrativa juvenil Cecília que amava Fernando, de Caio Riter, na perspectiva da estética da recepção. 2020. 125 f. Dissertação (Programa de Mestrado Acadêmico em Letras) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/270
Data de defesa: 8-Sep-2020
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Completa.pdfTexto Completo771,97 kBAdobe PDFDownload/Open Preview
Termo de Publicação.pdf841,32 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.