???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/287
Tipo do documento: Dissertação
Título: Era uma vez... a metamorfose das personagens femininas nos contos contemporâneos
Autor: Silva, Mônica Cardoso
Primeiro orientador: Carvalho, Diógenes Buenos Aires de
Primeiro membro da banca: Mendes, Algemira de Macêdo
Segundo membro da banca: Sá, Paula Fabrisia Fontinele de
Resumo: A valorização da Literatura infanto juvenil, como formadora de consciência dentro da vida cultural das sociedades, é bem recente. O caráter formador da literatura infanto juvenil vinculou-se, desde sua origem, a objetivos pedagógicos gerando com isso uma tensão entre o saber sobre o mundo da leitura e o ideal da pedagogia. Foi esta preocupação que silenciou questões relacionada à sexualidade, ao racismo, à segregação das mulheres e outras mazelas da sociedade e de seus jogos de poder. Ao longo dos anos, os contos de fadas foram se tornando cada vez mais sofisticados, e passaram a falar simultaneamente a todos os níveis da personalidade humana, comunicando de maneira a atingir a mente da criança tanto quanto de um adulto. No que diz respeito ao papel das protagonistas desse gênero, os tradicionais colocamnas sempre em um papel de submissão o que nos trouxe a problematização desse trabalho. Nortearam esta pesquisa as seguintes questões: Como o eu-feminino foi representado nos primórdios da Literatura infantil no ocidente? De que forma o eufeminino se comporta nos contos de fadas tradicionais? Qual o papel das personagens femininas nos contos de fadas contemporâneos: Uma, duas, três princesas, de Ana Maria Machado; A moça tecelã, de Marina Colasanti; e As túnicas de urtiga, de Helena Gomes? Dentro dessa perspectiva, o presente estudo tem como objetivos, pesquisar acerca do início da Literatura Infanto juvenil no ocidente, analisando três contos contemporâneos, buscando especificamente investigar o papel do eu feminino nos contos de fadas reconhecendo a importância da ressignificação do papel social desempenhado pelas donzelas traçando um paralelo entre as protagonistas das obras escolhidas e as princesas dos contos de fadas tradicionais. O trabalho foi realizado a partir de uma pesquisa bibliográfica, cujo objetivo é a revisão de literaturas sobre o tema em questão tendo como base as ideias de autores como: Coelho (2000), Clomer (2017), Cunha (2006), Goés (2010), Gregorin Filho (2009), Mendes (2000), Propp (2010), Zilberman( 2003), dentre vários outros, o que configura o caráter exploratório do estudo. O presente trabalho assim se justifica por explorar, através dos contos de fadas contemporâneos, a ressignificação social do papel das princesas no qual o imaginário, o onírico, o fantástico deixam de ser visto como pura fantasia para serem tratados como portas que se abrem para determinadas verdades humanas.
Abstract: The valorization of Literature for children and youth, as a form of conscience within the cultural life of societies, is very recent. The formative character of children's literature for youth has been linked, since its origin, to pedagogical objectives, thereby generating a tension between knowledge about the world of reading and the ideal of pedagogy. It was this concern that silenced issues related to sexuality, racism, the segregation of women and other ills of society and its games of power. Over the years, fairy tales have become increasingly sophisticated, and have come to speak simultaneously at all levels of human personality, communicating in a way that reaches the child's mind as well as that of an adult. With regard to the role of the protagonists of this genre, the traditional ones always put them in a role of submission, which brought us to question this work. The following questions guided this research: How was the feminine self represented in the early days of children's literature in the West? How does the feminine self behave in traditional fairy tales? What is the role of female characters in contemporary fairy tales: One, two, three princesses, by Ana Maria Machado; The weaver girl, by Marina Colasanti; and The nettle tunics, by Helena Gomes? Within this perspective, the present study aims to research the beginning of juvenile children's literature in the west, analyzing three contemporary tales, specifically seeking to investigate the role of the female self in fairy tales recognizing the importance of re-signifying the social role played by the maidens drawing a parallel between the protagonists of the chosen works and the princesses of traditional fairy tales. The work was carried out from a bibliographic research, whose objective is to review literature on the subject in question based on the ideas of authors such as: Coelho (2000), Clomer (2017), Cunha (2006), Goés (2010 ), Gregorin Filho (2009), Mendes (2000), Propp (2010), Zilberman (2003), among many others, which configures the exploratory character of the study. The present work is thus justified by exploring, through contemporary fairy tales, the social resignification of the role of princesses in which the imaginary, the dreamlike, the fantastic cease to be seen as pure fantasy to be treated as doors that open to certain human truths.
Palavras-chave: Personagens femininas
Representação
Gênero
Conto de fadas
Área(s) do CNPq: LETRAS::LINGUA PORTUGUESA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Departamento: Centro de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Mestrado Acadêmico em Letras
Citação: SILVA, Mônica Cardoso. Era uma vez... a metamorfose das personagens femininas nos contos contemporâneos. 2019. 86 f. Dissertação (Programa de Mestrado Acadêmico em Letras) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/287
Data de defesa: 12-Jul-2019
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Completa.pdf645,38 kBAdobe PDFDownload/Open Preview
Termo de Publicação.pdf249,81 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.