???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/338
Tipo do documento: Dissertação
Título: Videoconferência nas defesas de mestrado do PPGL da UESPI em tempos de pandemia: uma análise dos affordances
Autor: Barbosa, Brísa
Primeiro orientador: Costa, Giselda dos Santos
Primeiro membro da banca: Costa, Giselda dos Santos
Segundo membro da banca: Barreto Filho, Ricardo Rios
Terceiro membro da banca: Gomes, Francisco Wellington Borges
Resumo: Esta pesquisa visou conhecer a percepção dos professores do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual do Piauí (PPGL-UESPI) acerca da defesa de mestrado mediada por videoconferência, observando os affordances que emergem da interação com essa tecnologia durante a execução de tal atividade acadêmica no contexto da pandemia. Para tanto, foi necessário descrever as percepções dos docentes quanto ao novo formato de defesa, categorizar os affordances encontrados nessa prática avaliativa quando intermediada por essa ferramenta e identificar a conexão entre os affordances percebidos nas defesas de mestrado online. Para alcançar tais objetivos, investigamos a percepção dos professores do PPGL da UESPI acerca dos affordances nessa prática avaliativa quando mediada por esse artefato técnico, de modo a identificar as diferentes possibilidades de ação, dentre elas, as potencialidades linguísticas que esse novo formato de defesa proporciona. Buscamos embasamento na teoria dos affordances, apoiando-nos também no conceito da Comunicação Mediada por Computador (CMC) e na perspectiva do Letramento Acadêmico, dialogando com autores como: Gibson (1986), Gaver (1991), Van Lier (2004), Fischer (2007), Bezerra (2010), Santos Costa (2013), Curinga (2014), Evans et al. (2016), Minas (2017), Costa (2017), Smith (2018), Paiva (2018), Alqbailat (2019), Ng (2020), Carvalho (2020), entre outros. A metodologia adotada foi de natureza aplicada, com uma abordagem quali-quantitativa, optando por um estudo de caso de cunho descritivo como procedimento de coleta. Para o recolhimento dos dados, elegemos como participantes da pesquisa uma amostra de 7 (sete) docentes do PPGL-UESPI, tanto da área de linguística quanto de literatura. Aplicamos um questionário organizado com vista a categorizar os affordances advindos do uso da videoconferência em defesas de mestrado durante a pandemia. E, para o processo de análise de dados, escolhemos o modelo interativo de Miles et al. (2014). Os resultados deste estudo indicaram que em uma defesa de mestrado os affordances tecnológicos, sociais, linguísticos e cognitivos estão inter-relacionados e garantem a conservação das características e estrutura desse gênero na modalidade presencial, embora algumas ações comunicativas tenham se mostrado mais particulares a modalidade online. As potencialidades da videoconferência aliadas ao conhecimento dessa atividade acadêmica e os usos linguísticos para interagir/socializar estão possibilitando a adaptação dessa atividade acadêmica ao formato online. A relevância deste estudo está na nova perspectiva acerca das ações potenciais que a interação por meio dessa ferramenta digital pode oportunizar a defesa da dissertação de mestrado, acrescentando de forma acentuada ao acervo da literatura acadêmica, trazendo contribuições cognitivas, sociais, linguísticas e tecnológicas para o empoderamento do sujeito na sua relação com os recursos que o ambiente disponibiliza.
Abstract: This research aimed to know the perception of the professors of the Postgraduate Program in Letters of the Universidade Estadual do Piauí (PPGL-UESPI) about the defense of master's degree mediated by videoconference, observing the affordances that emerge from the interaction with this technology during the execution of such academic activity in the context of the pandemic. Therefore, it was necessary to describe the professors' perceptions regarding the new defense format, categorize the affordances found in this evaluative practice when mediated by this tool and identify the connection between the affordances perceived in the online master's defenses. To achieve these objectives, we investigated the perception of the teachers of the PPGL of UESPI about the affordances in this evaluative practice when mediated by this technical artifact, in order to identify the different possibilities of action, among them, the linguistic potentialities that this new defense format provides. We seek a foundation in the theory of affordances, also relying on the concept of Computer Mediated Communication (CMC) and on the perspective of Academic Literacy, dialoguing with authors such as: Gibson (1986), Gaver (1991), Van Lier (2004), Fischer (2007), Bezerra (2010), Santos Costa (2013), Curinga (2014), Evans et al. (2016), Minas (2017), Costa (2017), Smith (2018), Paiva (2018), Alqbailat (2019), Ng (2020), Carvalho (2020), among others. The methodology adopted was of an applied nature, with a qualitative-quantitative approach, opting for a descriptive case study as the data collection procedure. For the collection of data, we chose as research participants a sample of 7 (seven) professors from the PPGL-UESPI, both in the areas of linguistics and literature. We administred a questionnaire organized in order to categorize the affordances arising from the use of videoconferencing in master's defenses during the pandemic. And, for the data analysis process, we chose the interactive model by Miles et al. (2014). The results of this study indicated that in a master's defense, technological, social, linguistic and cognitive affordances are interrelated and guarantee the conservation of the characteristics and structure of this genre in the face-to-face modality, although some communicative actions have shown to be more particular to the online modality. The potential of videoconferencing combined with the knowledge of this academic activity and the linguistic uses to interact/socialize are enabling the adaptation of this academic activity to the online format. The relevance of this study lies in the new perspective on the potential actions that interaction through this digital tool can provide for the defense of the master's thesis, adding sharply to the collection of academic literature, bringing cognitive, social, linguistic and technological contributions to the empowerment of the subject in its relationship with the resources that the environment makes available.
Palavras-chave: Affordance
Comunicação mediada por computador
Videoconferência
Defesa de mestrado
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Departamento: Centro de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Mestrado Acadêmico em Letras
Citação: BARBOSA, Brísa. Videoconferência nas defesas de mestrado do PPGL da UESPI em tempos de pandemia: uma análise dos affordances. 2022. 119 f. Dissertação (Programa de Mestrado Acadêmico em Letras) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina, 2022.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/338
Data de defesa: 31-Mar-2022
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Completa.pdfDissertação Completa1,92 MBAdobe PDFDownload/Open Preview
Termo de PublicaçãoAutorização_Publicação Digital230,87 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.