???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/378
Tipo do documento: Dissertação
Título: Anatomia e morfologia vegetal: um jeito diferente de ensinar e aprender
Autor: Sousa, Rodrigo Francisco de
Primeiro orientador: Araújo, Josiane Silva
Primeiro coorientador: Santos Filho, Francisco Soares
Primeiro membro da banca: Araújo, Josiane Silva
Segundo membro da banca: Oliveira, Hermeson Cassiano de
Terceiro membro da banca: Silva, Leyde Nayane Nunes dos Santos
Quarto membro da banca: Mendes, Maura Rejane de Araújo
Resumo: O ensino de botânica tem sido centro de muita preocupação e discussões. Isso porque grande parte dos alunos não se interessa pelo estudo das plantas, bem como não consegue manter o foco no que diz respeito a este conteúdo, sendo, portanto, este um dos temas mais negligenciados na educação básica. Desse modo, a busca por vias alternativas às aulas tradicionais surge como um método promissor e necessário para melhorar esse quadro difícil. Assim, modelos tridimensionais de estruturas botânicas, jogos didáticos e sequências de ensino investigativas (SEI) mostram-se como ferramentas com grande potencial pedagógico para reverter essa situação tão dramática, característica das aulas sobre o reino vegetal. Portanto, o presente trabalho desenvolveu uma SEI envolvendo a construção de peças anatômicas tridimensionais (3D) e um jogo didático sobre a temática botânica e a aplicou nas aulas de biologia de uma turma de 2º ano de ensino médio de uma escola estadual do interior do Ceará. O intuito foi averiguar o impacto que essas três metodologias, opostas às aulas tradicionais, teriam sobre a relação ensino-aprendizagem nas aulas de biologia vegetal. Os dados obtidos através observação dos alunos durante o progresso da SEI e análise de dois questionários abertos utilizados para analisar a eficiência das abordagens se deu forma qualiquantitativa. Os resultados alcançados demostraram que o método empregado foi eficiente em captar a atenção dos alunos quanto ao tema, envolve-los na temática e instigá-los ao diálogo, reflexão e arguição de hipóteses, mas que, no entanto, não surtiu muito efeito em fazê-los compreender conceitos e processos básicos relacionados à anatomia e morfologia vegetal. Assim, acreditamos que, independente dos resultados medianos em relação à capacidade dos alunos em expressar respostas totalmente corretas sobre o conteúdo, entendemos que o uso dos recursos pedagógicos aqui adotados foi satisfatório, pois despertou dos discentes o interesse, a curiosidade e a discussão nesse tema tão específico e complexo dentro da botânica.
Abstract: The teaching of botany has been the center of much concern and discussion. This is because most students are not interested in the study of plants, as well as unable to maintain focus with regard to this content, which is one of the most neglected topics in basic education. Thus, the search for alternative routes to traditional classes emerges as a promising and necessary method to improve this difficult situation. Thus, three-dimensional models of botanical structures, didactic games and investigative teaching sequences (ITS) show themselves as tools with great pedagogical potential to reverse this dramatic situation of classes about the plant kingdom. Therefore, the present work developed an ITS involving the construction of three-dimensional (3D) anatomical pieces and a didactic game about this theme and applied it in the biology classes of a 2nd year high school class of a state school in the interior of Ceará. The aim was to investigate the impact that these three methodologies could have on the teaching-learning relationship in plant biology classes as opposed to traditional classes. The data obtained through observation of students during the progress of the ITS and analysis of two open questionnaires used to analyze the efficiency of the approaches was given in a quali-quantitative way. The results achieved showed that the method used was efficient in capturing the attention of students on the subject, involving them in the theme and encouraging them to dialogue, reflection and argumentation of hypotheses, however, the method did not have much effect on help the students to understand basic concepts and processes related to plant anatomy and morphology. Thus, we believe that, regardless of the median results in relation to the students' ability to express totally correct answers about the content, we believe that the use of the pedagogical resources adopted here was satisfactory, as it encouraged the interest and curiosity of students and the discussion on this topic, which is so specific and complex within botany.
Palavras-chave: Ensino de Botânica
Sequência de Ensino Investigativo
Jogos Didáticos
Modelos Tridimensionais
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Departamento: Centro de Ciências da Natureza
Programa: Programa de Mestrado Profissional em Ensino de Biologia
Citação: SOUSA, Rodrigo Francisco de. Anatomia e morfologia vegetal: um jeito diferente de ensinar e aprender. 2022. 119 f. Dissertação (Programa de Mestrado Profissional em Ensino de Biologia) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/378
Data de defesa: 17-Aug-2022
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Ensino de Biologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Completa.pdf9 MBAdobe PDFDownload/Open Preview
Termo de Publicação.pdf629,38 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.