???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/95
Tipo do documento: Dissertação
Título: As virtudes do esquecer: memória e esquecimento em O livro de areia, de Jorge Luis Borges
Título(s) alternativo(s): The virtues of forgetting: memory and forgetfulness in O livro de areia, by Jorge Luis Borges
Autor: Correia, Raimunda Maria Chaves
Primeiro orientador: Torres, José Wanderson Lima
Resumo: “As virtudes do esquecer: memória e esquecimento em contos de O Livro de Areia, de Jorge Luis Borges” é o título desta pesquisa que versa sobre a memória e o esquecimento em contos da obra O Livro de Areia, publicado em 1975, de autoria borgeana, bem como salienta a estreita interdependência entre essas duas faculdades humanas, como base para funcionamento destas enquanto mecanismos que contribuem para a construção socio-histórico-cultural do homem, pelo viés memorialístico quando na preservação ou esquecimento de suas vivências. Diante disso, analisamos como as recordações das personagens são representadas na narrativa em questão e como são estabilizadas através da linguagem literária. De modo mais incisivo, buscamos entender a relação entre as ações de lembrar e esquecer, demonstrando como elas se apoiam mutuamente para concretizarem a construção da memória. O trabalho está dividido em quatro capítulos: o primeiro, constituído pelas considerações iniciais, traz um panorama geral de nosso trabalho. O segundo - A escrita da memória - subdividido em três tópicos,discute os estudos da memória em relação ao esquecimento. No terceiro - Borges e a memória – é feita uma breve apresentação do autor, enfatizando a escrita deste, principalmente em torno da memória. No quarto capítulo - Memória e Esquecimento em contos de Jorge Luis Borges –, subdividido em quatro tópicos, analisa-se os contos “O congresso”; “A noite dos dons”; “Utopia de um homem que está cansado” e “O Livro de Areia”, considerando a ambivalência entre memória e esquecimento na edificação das lembranças, bem como da necessidade de esquecimento, dentre outros fatores, como base essencial para a construção do conhecimento. Para o alcance das intenções pretendidas com o desenvolvimento desse trabalho, a análise é ancorada nos pressupostos teóricos de Paul Ricoeur (2007), Maurice Halbwachs (2004), Ivan Izquierdo (2010), Friedrich Nietzsche (2011), Harald Weinrich (2000), Beatriz Sarlo (2007) e Antonio Candido (1967), dentre outros. De acordo com as considerações tecidas ao decorrer da pesquisa, pode-se confirmar que, nos contos, memória e esquecimento necessitam ser absorvido e praticado pelo sujeito a fim de que se possa abstrair do todo vivido aquilo que vai fomentar o legado de nossa memória, possibilitando, assim, a capacidade de criação.
Abstract: "The virtues of forgetting: memory and forgetfulness in short stories of O Livro de Areia, by Jorge Luis Borges" is the title of this research about memory and forgetfulness in the short stories of the work O Livro de Areia, published in 1975, that emphasizes the close interdependence between these two human faculties as a basis for the functioning of these mechanisms which contribute to the socio-historical-cultural construction of the human being, by the memorialistic approach when preserving or forgetting their experiences. Therefore, we analyze how the memories of the characters are represented in the narrative in question and how they are stabilized by the literary language. More pointedly, we seek to understand the relationship between the actions of remembering and forgetting, demonstrating how they support each other to perform the construction of memory. The work is divided into four chapters: the first chapter, constitutes the opening remarks and provides an overview of our work. The second one – The writing of the memory – is subdivided into three topics and discusses the studies of memory in relation to forgetfulness. In the third chapter - Borges and the memory – we make a brief presentation of the author, emphasizing his writing, mainly about memory. The fourth chapter - Memory and Forgetting in Jorge Luis Borges' short stories - is divided into four topics. Here we analyzed the short stories "O congresso"; "A noite dos dons"; "Utopia de um homem que está cansado" and "O Livro de Areia", considering the ambivalence between memory and forgetting in building memories as well as the need to forget, among other factors, as the essential basis for the construction of knowledge. The research analysis was anchored on the theoretical assumptions of Paul Ricoeur (2007), Maurice Halbwachs (2004), Ivan Izquierdo (2010), Friedrich Nietzsche (2011), Harald Weinrich (2000), Beatriz Sarlo (2007) and Antonio Candido (1967), among others. According to the considerations presented during the research, we can confirm that, in the short stories, memory and forgetfulness need to be absorbed and practiced by the subject so that he/she can abstract from all lived experiences what will foster the legacy of his/her memory, allowing thus the ability to create.
Palavras-chave: Literatura
Memória
Esquecimento
Livro de Areia
Borges
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Piauí
Sigla da instituição: UESPI
Programa: Programa de Mestrado Acadêmico em Letras
Citação: CORREIA, Raimunda Maria Chaves. As virtudes do esquecer: memória e esquecimento em O livro de areia, de Jorge Luis Borges. 2016. 97 f. Dissertação (Programa de Mestrado Acadêmico em Letras) - Universidade Estadual do Piauí, Teresina, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/95
Data de defesa: 1-Jul-2016
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação CompletaTexto completo1,02 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons